Pular para o conteúdo principal

Resenha | Milagre na Rua 34 - Valentine Davies

Editora: Acigi
Páginas: 117
Estrelas: ✬✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 1947 com o título de Miracle on 34th Street

Milagre na Rua 34 é um livro inspirador, que conta a história de uma menina que foi criada para não acreditar em milagres. Mas quando aparece em sua cidade um velhinho que afirma ser o verdadeiro papai noel, seu ponto de vista se transforma completamente.


Creio que a geração anos 90 já deva ter visto essa adaptação para o cinema, porém, creio que poucos conhecem o livro. Eu só o conheci pesquisando leituras natalinas.

Um livro escrito nos anos 40 que já trazia as preocupações que temos hoje, como pode-se ver no parágrafo abaixo:

" - A senhora sabe, Sra. Walker. Durante os últimos 50 anos, mais ou menos, tenho me preocupado cada vez mais com o Natal. Parece que estamos todos tão ocupados tentando vencer os outros e fazer as coisas andarem mais depressa e brilhar mais e custar menos, que o Natal e eu parecemos estar perdidos no tumulto."

O Natal cada vez mais comercializado e menos familiar. Por vezes parece até que brigamos mais nessa época do ano, ficamos mais estressados e esse livro tenta mostrar o lado lúdico do Natal, a bondade e a magia.

Kris Kringle é um velhinho (que não fala sua idade) que está sendo expulso do abrigo onde mora porque acredita ser o papai noel, logo, tem problemas mentais e não pode ficar lá. Com isso, acaba indo passear na Macy's, loja famosa dos Estados Unidos e arruma um emprego de Papai Noel,

Mesmo empregado pela loja, informa às mães que levam os filhos para ber o bom velhinho onde podem encontrar ofertas de brinquedos melhores que a da loja. Numa atitude natalina que acaba, aos poucos, tomando conta da cidade. Ajudar os clientes a encontrarem as melhores ofertas, acaba se tornando uma estratégia excelente de marketing.

Como foi expulso de seu abrigo, acaba indo parar por uma noite com sua nova chefa. E lá, conhece sua filhinha, Susan, que não acredita no Natal e tem uma visão muito cética do mundo com seus míseros 6 aninhos de idade. Assim se inicia uma busca pela volta da magia do Natal.

É um livro sonoro, a medida que ia lendo, pude ver como seria uma excelente leitura para se fazer para crianças, nessa época natalina. Um livrinho curto, mas fofo. 

E você, já leu? Deixe sua opinião nos comentários!
Siga o blog no GFC e @alpargatas13

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Primeiro ano - Scott Turow

Editora : Record Páginas : 220 Estrelas : ✬✬✬✬ Skoob Publicado em 1977. Ao narrar as angústias, as dificuldades, os desafios e os triunfos que marcaram seu primeiro ano na Faculdade de Direito de Harvard, Scott Turow denuncia problemas surpreendentes no sistema de educação jurídica de uma das mais antigas e conceituadas instituições de ensino dos Estados Unidos. Um relato dramático e um importante depoimento do autor.

Resenha | A Arte de ter Razão - Arthur Schopenhauer

Editora : Faro Editorial Páginas : 128 Estrelas : ✬✬✬ Skoob Publicado em 1831. A forma como nos comportamos socialmente não mudou muito desde Aristóteles. Partindo dos escritos do pensador grego, Schopenhauer desenvolve em sua Dialética Erística, 38 estratégias sobre a arte de vencer um oponente num debate não importando os meios. E, para isso, mostra os ardis da maior ferramenta que todos possuímos, a palavra. Usar argumentos e estratégias certas numa conversa é uma arma poderosa em qualquer momento. E tanto vale para quem quer reforçar um talento, evitar ciladas dialéticas, ou simplesmente estar bem preparado para negociações ou qualquer outra ocasião que exija argumentação... o que acontece em todos os momentos da vida. Essas estratégias não foram inventadas por Schopenhauer. Seu trabalho foi identifica-las, reuni-las de modo coerente, mostrando como são utilizadas, em quais momentos elas surgem em meio a uma discussão, de modo que você possa utilizar-se deste livro

Vi na Livraria | A Taberna - Émile Zola

Um livro depravado do século XIX.