Pular para o conteúdo principal

O que tenho assistido (5)


Faz um tempinho que não comento o que tenho assistido por aqui. Tive um período beem viciadinho em séries, comecei a assistir várias como Constantine, RuPaul's Drag Race, Major Crimes, Web Therapy... e a lista continua. Hoje eu quero falar sobre filmes!




A Onda foi um repeteco, uma professora nos mostrou esse filme no Ensino Médio e eu reassisti com a minha mãe agora. Foi tão fantástico quanto da primeira vez! É uma releitura do nazismo e quão fácil é criar uma sociedade intolerante.

Minhas Tardes com Margueritte foi uma indicação do George, do Entretenilendo. Ele publicou a sinopse no Instagram e depois fez uma resenha fantástica. Ele conta a busca por conhecimento entre os dois personagens principais. Margueritte começa a ler para Germain, e o relacionamento dos dois se desenvolve. Drama francês da melhor qualidade!

Fui buscar o livro que deu origem ao filme e infelizmente não tem tradução para o português, não encontrei nem em inglês :/ 


Depois de ler o livro (resenha aqui), fui conferir a adaptação de Se Eu Ficar. Eu gostei bastante do livro, mas não gostei do filme.

A protagonista ficou tão -- fraca na telona. Ela se encolhe quando falam com ela, quase não se ouve o que ela diz e ela tem medo de tudo. Características que eu não percebi no livro, embora tímida a Mia tinha sua personalidade. Eu também esperava por um mocinho mais bonito... fútil, eu sei haha Foi emocionante, confesso. Mas ainda prefiro o livro.

E por fim, a animação mais lindinha do universo, Origem dos Guardiões. Teoricamente ela é baseada nos livros do William Joyce, tem resenha de Nicolau São Norte no blog. Foi tão lindinho, que nem tenho palavras. Aos fãs de animação e aos não-fãs, por favor, assistam. Contra o Rei dos Pesadelos, o homem na lua nomeia um novo guardião, Jack Frost e ele deverá ajudar o Papai Noel, a Fada dos Dentes, o Coelhinho da Páscoa e o Sandman (♥).


E você? O que tem assistido? Deixe nos comentários!
Siga o blog no Google Friend Connect.



Comentários

  1. Olá Rafa! Tudo ótimo?

    Eu assisti A Onda há dois anos e realmente é um filme fantástico que mostra a facilidade de manipular as mentes para que sigam o fluxo da intolerância. E que final tenso! Minhas Tardes com Margueritte é aquela, simples, fofo, adorei.
    Ainda não li Se Eu Ficar, porém assisti o filme e não gostei. Já a Origem dos Guardiões é uma bela releitura de vários personagens do folclore mundial. Adorei o Sandman! Merece uma continuação.

    Também aceito recomendações suas Rafa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu, até que temos gostos de filme parecidos, né? haha
      Eu estou tentando assistir mais filmes, eu fico com preguicinha de parar por 2 horas, mas quero assistir pelo menos um filme por semana e pode deixar que recomendo se rolar alguma coisa legal! hehe

      Beijos

      Excluir
  2. Que dicas boas! Anotei tudo já..
    O único que vi foi se eu ficar.. Acabei gostando mais do filme do que o livro.. Mas não é AQUELE filme não . Só para passar o tempo mesmo..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha pra mim foi ao contrário, gostei mais do livro. É, é um filme pra passar tempo msm hehe

      Beijos!

      Excluir
  3. Ainda não assisti a adaptação de Se Eu Ficar, mas está na minha lista. Eu gostei do livro, a história é boa e gostosa de acompanhar. Vi muitos comentários em relação a atuação da Chloe no filme, pelo visto não foi tudo isso. Sou apaixonada com animações então já sei que vou adorar Origem dos Guardiões. Adorei o post!

    Beijo,
    Naty.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu gostei do livro também. Mas o filme, olha, se você assistir no dia certo, quando tá com aquela vontade de se emocionar, vale a pena hehe
      E assista Origem dos Guardiões, é tão - mas tãããão fofo! Quero ver se assisto com o meu priminho (se ele conseguir parar quieto por alguns momentos... haha)

      Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Primeiro ano - Scott Turow

Editora : Record Páginas : 220 Estrelas : ✬✬✬✬ Skoob Publicado em 1977. Ao narrar as angústias, as dificuldades, os desafios e os triunfos que marcaram seu primeiro ano na Faculdade de Direito de Harvard, Scott Turow denuncia problemas surpreendentes no sistema de educação jurídica de uma das mais antigas e conceituadas instituições de ensino dos Estados Unidos. Um relato dramático e um importante depoimento do autor.

Resenha | A Arte de ter Razão - Arthur Schopenhauer

Editora : Faro Editorial Páginas : 128 Estrelas : ✬✬✬ Skoob Publicado em 1831. A forma como nos comportamos socialmente não mudou muito desde Aristóteles. Partindo dos escritos do pensador grego, Schopenhauer desenvolve em sua Dialética Erística, 38 estratégias sobre a arte de vencer um oponente num debate não importando os meios. E, para isso, mostra os ardis da maior ferramenta que todos possuímos, a palavra. Usar argumentos e estratégias certas numa conversa é uma arma poderosa em qualquer momento. E tanto vale para quem quer reforçar um talento, evitar ciladas dialéticas, ou simplesmente estar bem preparado para negociações ou qualquer outra ocasião que exija argumentação... o que acontece em todos os momentos da vida. Essas estratégias não foram inventadas por Schopenhauer. Seu trabalho foi identifica-las, reuni-las de modo coerente, mostrando como são utilizadas, em quais momentos elas surgem em meio a uma discussão, de modo que você possa utilizar-se deste livro

Vi na Livraria | A Taberna - Émile Zola

Um livro depravado do século XIX.