Pular para o conteúdo principal

Fechando Março/2015


Eu sei que sou repetitiva, mas MEUDEUS, mais um mês se concluiu. Vem ver o que eu li...


Eu acredito que vou ter que ajustar minha meta de leituras para o ano, se tirar por esse mês de março. Não que eu tenha lido pouco, mas aconteceram algumas mudanças na minha rotina que acabaram abalando minhas leituras.

Com o início do semestre, começou a rolar um terror entre meus colegas e eu. Semestre que vem começamos a fazer TFG, ano que vem, tem a prova da OAB, e o pior de todos, depois do ano que vem, estaremos todos desempregados. Tá certo, faltam 2 anos ainda, mas o desespero rolou legal na minha turma.

Com isso, comecei as leituras do TFG e aumentei as horas de estudo, o que tem me deixado super cansada.

Enfim, vamos ao que importa. Foram 12 leituras, totalizando 3 atrasados na minha meta de 3 por semana. Seguem:

1- Minha Breve História - Stephen Hawking
2- Sombras da Primavera - Keila Gon
3- Primo Basílio - Eça de Queiroz
4- Os Segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn
5- A Vida, o Universo e Tudo Mais - Douglas Adams
6- O Homem da Areia - E. T. A. Hoffmann
7- Um Coração Singelo - Gustave Flaubert
8- Rebecca - Daphne du Maurier
9- O Fim do Poder - Moisés Naim
10- O Último Homem do Mundo - Tais Cortez
11- Não Sou uma Dessas - Lena Dunham
12- Geek Love - Eric Smith

Até o Um Coração Singelo, comentei rapidinho em vídeos no YouTube. Os outros ainda estou devendo, porque, não deu para gravar vídeos (o plano é que essa semana, recupere o atraso).

Não parece que foi nesse mês que li o livro do Stephen Hawking. Ao mesmo tempo em que passou super rápido, foi recheado. Teve várias viagens para casa, teve visitas da mãe e de amigos aqui, fiquei doente nessa última semana. 

Esse mês pretendo gravar um update dos desafios literários que me propus esse ano, até que não vão mal, tirando a meta de 156 livros (que já era ambiciosa para início de conversa, hehe).

Abril promete ser curto e recheado também. Já estou prevendo que quando menos esperarmos, o ano vai ter terminado.

E você? O que leu no mês de março? Qual foi seu preferido? Deixe nos comentários!
Siga o blog no Google Friend Connect.



Comentários

  1. Ohh que legal esse post! Nunca tinha visto post sobre o que uma blogueira leu em um mês inteirinho :3
    Sua lista é tão maravilhosa que acrescentei alguns de seus livros na minha c:
    Esse mês foi beeem puxado na faculdade, por isso minha meta de 10 livros não foi cumprida :/ mas consegui ler 3 livros da Agatha Christie e O Homem Invisível de Wells. Pela correria até me surpreendi por ter conseguido ler algo! Hehe
    Amei seu blog! Muito cute! *o*
    Beeijos, Ingrid.

    www.utopianuvem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.

Resenha | Como pensar mais sobre sexo - Alain de Botton

Editora: Objetiva
Páginas: 152
Estrelas: ✬✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 2012 com o título de How to Think More About Sex

Não pensamos muito sobre sexo; na verdade pensamos sobre ele da maneira errada. Assim declara Alain de Botton neste livro rigoroso e honesto cujo objetivo é nos guiar por esta experiência íntima e excitante – porém muitas vezes confusa e difícil - que é o sexo. Poucos de nós acreditamos ser completamente normais no que diz respeito ao sexo, e o que se presume que deveríamos estar sentindo raramente é a realidade. Este livro argumenta que o sexo do século XXI está fadado a ser um jogo de equilíbrio entre amor e desejo, aventura e comprometimento. Abrangendo assuntos como desejo, fetichismo, adultério e pornografia, Alain de Botton reflete sobre os dilemas da sexualidade moderna, oferecendo insights e conforto para nos ajudar a pensar mais profunda e sabiamente sobre o sexo que estamos, ou não, fazendo. A partir de meados do século XX, o discurso sobre o sexo foi s…