Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2016

TBR Março/2016

Eu poderia ter vergonha de dizer que não concluí a minha meta de Fevereiro, porém, considerando que eu sempre soube que era ambiciosa, não tenho haha
Faltou ler: O Segundo Sexo, The Two Towers e Ases nas Alturas. Faltou em partes... o único que eu não consegui nem pegar para começar foi o Ases nas Alturas. Eu li metade de The Two Towers, restando a outra metade para março. E consegui ler mais uma parte d'O Segundo Sexo.
Então, não foi um fracasso total, né? Bom, estes livros vão passar para a meta de março com alguns acréscimos:
Fundação e Terra, continuando o box extra da Fundação. Estou loooouca para saber o que vai acontecer em seguida!
Clube da Luta, porque a Dani do Só Lendo comentou sobre e fiquei muito curiosa para saber o que eu iria achar. Terminei de ler ontem mesmo, e como eu nunca tinha percebido o sabonete na capa?
A luz fantástica do Terry Pratchett, seguindo com a série Discworld. Fiz a loucura de comprar a série inteira no sebo, agora tenho que ler. Começarei a ler h…

Leituras da Semana #43 + Conclusão de Fevereiro/2016

Finalmente li Zafón! Concluí a leitura de A Sombra do Vento nesta semana. Confesso que o livro trata de temas diferentes do que eu estava esperando. Acreditava ser mais fantasioso, mais relacionado com o Cemitério dos Livros Esquecidos e com o protagonista, entretanto, não é nada disso, né? De qualquer forma, depois que eu ajustei minhas expectativas, gostei bastante do livro.
Na última semana de fevereiro, eu fugi da TBR um pouco, incluindo três livros que não estavam relacionados por lá. Li O Doador de Memórias e A Escolhida da Lois Lowry. Eu precisava terminar livros, estava cansada dos calhamaços que estava lendo. Sinceramente, não estava esperando gostar tanto dessa série! Eu me apaixonei e ouso dizer que é uma das melhores distopias que já li. Esperando ansiosamente por maio e o terceiro volume da série!
Empolgada pelos projetos que estavam rolando em fevereiro, li O ano da leitura mágica da Nina Sankovitch. Que coisa mais linda encontrar um outro apaixonado por livros e poder ex…

Resenha | Os Instrumentos Mortais - Cassandra Clare (parte 2)

Se vocês viram a parte 1 sobre Os Instrumentos Mortais, vocês sabem que eu dividi a série em duas trilogias para comentar por aqui. Naquele post eu explico que, na minha opinião, essa divisão é viável e facilita para comentar sem dar spoilers. Lembrando que terá spoilers dos livros anteriores.
Os três últimos livros da série são: Cidade dos Anjos Caídos, Cidade das Almas Perdidas e Cidade do Fogo Celestial.
Bom, quero começar falando que graças a Deus no terceiro livro "descobrimos" que a Clary e o Jace não são irmãos. Eu já comentei na parte 1 que isso tinha ficado óbvio para mim desde o momento em que a autora resolveu dar essa guinada na história. Achei desnecessário, inacreditável e me irritou muito quando estava lendo.

Nessa segunda trilogia, há uma troca de vilões, agora Sebastian mostrou a que veio. Que, sinceramente, também é perceptível ao leitor desde que o personagem é introduzido.

Porém, tirando Cidade dos Anjos Caídos, que eu não gostei nada, acho que a história…

Post-it | O Monge Negro + Margot

Aproveitei as férias e li mais dois volumes da coleção Novelas Imortais, publicadas pela editora Rocco. Sempre são pequenos textos de autores consagrados, de leitura rápida e até o momento gostei de todas que li.
O Monge Negro, do Tchekhov é uma novela sobre loucura ou sobrenatural, acredito que dependa da leitura que se faça. Por recomendação médica, o protagonista vai passar uma temporada no campo junto de um grande amigo e sua filha.
Num passeio até um lago próximo, ele se depara com o Monge Negro e essa figura acaba aparecendo cada vez mais. Convencido de que enlouquece, tenta de todas as maneiras superar esse mal, porém, como consequência perde a sua grande genialidade, a característica que o distinguia dos demais.
Gostei muito da novela, certeza que vale a leitura. Não só por ser divertida, mas também para refletir sobre o que nos torna diferentes e o ponto que separa a sanidade da loucura. Ou até mesmo, é tão ruim ser diferente/louco?
✬✬✬
A segunda novela chama-se Margot escrita …

Leituras da Semana #42

Nessa semana tirei do caminho um calhamaço de 800 páginas, Outlander - A viajante do tempo. Que livro bom, envolvente, da categoria é grande, mas é rapidíssimo de ser lido.

Conta a história de Claire, que vive em 1945, salvo engano. Ela é casada, mas passou afastada do marido graças à guerra, quando serviu de enfermeira. Eles estão finalmente indo construir um lar quando, num monumento escocês, um agrupado de pedras bem estranho, ela volta no tempo e reaparece 200 anos antes, na época dos clãs escoceses.

Lá, ela é obrigada a construir uma nova vida, pelo menos até que consiga voltar para o seu próprio tempo. Só que ela acaba envolvida numa outra guerra, e suspeitam que ela seja uma espiã inglesa. Bom, aí a vida complica. Mas ao mesmo tempo, ela conhece Jamie ♥ e até que não fica tão difícil assim viver sem banhos quentes.

Gostei muito do livro, acho que ele é super abrangente em temáticas, tem diálogos interessantes e engraçados e por mais que seja longo, as páginas foram bem explorad…

Primeiras experiências com o plus do Skoob

Eu sempre relutei muito em desapegar dos meus livros, até que eu percebi que não precisava manter todos os livros que já comprei na vida.
Comecei leve por enquanto, somente trocando os livros que não gostei muito.

Então, me cadastrei no plus e coloquei alguns livros para troca. Não demorou muito até que recebesse uma solicitação. Acredito que tenha sido questão de uma semana.
Procurei enviar rapidamente e logo vieram outras. Até o momento enviei 5 livros e pedi outros 5, sendo que o quinto ainda não chegou.
Embora minha impressão geral seja super positiva, até porque os livros que recebi no momentos estão em ótimas condições, eu tenho que dizer que solicitar livros não é tão simples.
Tem muita gente que coloca livros para troca mas não acessa o Skoob para aceitá-las ou rejeitá-las, isso significa que o seu crédito fica preso por pelo menos 2 dias, até que você possa cancelar a solicitação e fazer outra. Isso aconteceu comigo 3 vezes, e tendo em vista que fiz 5 solicitações é uma porc…

Assistidos de Janeiro/2016

Faz muito tempo que eu não comento sobre séries e filmes por aqui. E é uma coluna que eu quero retomar. Só algumas breves considerações sobre o que assisti em janeiro deste ano.

Comecei o ano não são só lendo Guerra e Paz, mas aproveitei para também assistir ao filme de 1956. Possivelmente, se eu tivesse visto antes de começar que o filme conta com 3h30 de duração, não teria assistido na sua totalidade em um dia...mas foi o que fiz, acompanhada da mãe e da vó.
Eu achei um filme bom, não maravilhoso, mas bom. Comparando com a obra original, ele fez um corte bastante preciso dos acontecimentos, entretanto, é claro que corta outras coisas e personagens que para quem leu o livro, fazem falta.

Entrei na vibe dos zumbis. Assim que terminei de assistir Guerra Mundial Z, corri para ver se já tinha a continuação - e não tem. Gostei muito do filme, embora ele não inove quando comparado com outras obras apocalípticas. 

Eu não sei se já comentei por aqui, mas eu já li A Menina que Roubava Livros…

Resenha | Reze pelas mulheres roubadas - Jennifer Clement

Editora: Rocco Páginas: 240 Estrelas: ✬✬✬✬✬ Skoob
Contundente retrato do México atual, Reze pelas mulheres roubadas mostra a dura vida das mulheres na região de Guerrero, a mesma onde mais de 40 estudantes foram mortos em 2014. Narrativa ficcional escrita a partir de mais de 10 anos de pesquisas da autora, o livro acompanha a história da menina Ladydi, que aos 11 anos vê sua melhor amiga ser roubada para o harém de jovens escravas de um chefe do narcotráfico. É para evitar esse destino que as mulheres da região, e de outros recantos esquecidos pelos governos, deixam de frequentar a escola, cortam os cabelos ou até mesmo se mutilam, a fim de ficarem menos femininas e passarem despercebidas aos olhos da elite do tráfico. Escrito em tom de observação antropológica, sem qualquer julgamento moral sobre as atitudes dos personagens, Reze pelas mulheres roubadas foi aclamado pela crítica no México e nos Estados Unidos.
Esse livro saiu direto da pilha de leituras para a pilha dos favoritos. Eu o c…

Leituras da Semana #41

Minha desculpa para o sumiço recente é que estou ajustando a minha rotina. Não vale por muita coisa, mas é o que há. Esse ano eu tenho tentado balancear melhor os aspectos da minha vida, para não acabar como no segundo semestre do ano passado, quando eu me esgotei bastante. Isso inclui tudo, inclusive e mais importante, dedicar mais tempo para descanso e lazer.
Enfim, digressões a parte, vamos ao que interessa. Vocês viram que eu tenho uma TBR ambiciosa para esse mês e posso dizer que estou evoluindo. Acredito que vá cumprir pelo menos 80/90% dela, se não a completar. Porém, são poucos livros finalizados no mês até agora.
Eu li um pequeno livro emprestado da mãe do mesmo autor de O Exorcista, chama-se A Nona Configuração. Devo dizer que não me impressionou muito. Se passa num sanatório militar, com a chegada do Dr. Kane para decidir se os militares estão realmente loucos, ou usando isso como desculpa para se eximir do serviço. Dei três estrelas.
Concluí o primeiro "volume extra&qu…

Resenha | O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn

Os Bridgerton #6 Editora: Arqueiro Páginas: 304 Estrelas: ✬✬✬✬✬ Skoob
Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devass…

Book Haul de Janeiro/2016

Esse é o tipo de post que eu mais falho aqui no blog. Por "vergoinha" da quantidade de livros comprados, mas principalmente pela dificuldade de tirar fotos legais dos livros (aceito recomendações de cursos de fotografia!)
Em nome da não-procrastinação, cá está minha pequena pilha de livros comprados em Janeiro!
O garoto é continuação de Preciosa, um dos melhores livros que já li na vida. Estou lendo este livro, mas ele é tão pesado, que estou "tomando" em doses homeopáticas.
365 Dias Extraordinários também foi uma compra decorrente de um dos meus livros preferidos, Extraordinário. Já foi lido.
Os livros da selva, este ainda não li. Eu não sei se vou gostar por causa da temática dele, selva. Não sou muito familiarizada com isso. Mas fui picada pela curiosidade e vamos ler em breve.
A maldição da pedra foi minha primeira troca no Skoob <3, também não li ainda. É o primeiro livro da série Reckless da Cornelia Funke. Da autora eu já li Coração de Tinta e amei muito.
Reze…

TBR de Fevereiro/2016

Dá uma olhada na pilha...fui ambiciosa, sim ou com certeza? São vários livros gorduchos para ler. O menorzinho tem 399 páginas...
São eles:
1- Segundo volume de Guerra e Paz
2- Segundo volume do Senhor dos Anéis - The Two Towers
3- O segundo sexo, que já comecei a ler, mas falta concluir
4- Primeiro volume de Outlander
5- Volume extra da Fundação - Limites da Fundação
6- A Sombra do Vento
7- Segundo volume da série Wild Cards
Segue também um print da minha página de "lendo" no Skoob. Vocês podem ver que estou um tantinho descontrolada, são dez livros com leitura começada. Pretendo, pelo menos, diminuir em 7 essa lista. Acho que três livros em leitura são suficientes para mim.

Eu sei que várias pessoas não gostam de ler vários livros ao mesmo tempo, mas pra mim é necessário. Nesses últimos meses, eu tenho pelo menos três livros em leitura, um livro "normal" de ficção ou não-ficção físico, um livro de contos e um livro no kindle.
Eu resolvi escolher livros grandes também p…

Leituras da Semana #40 + Concluindo Janeiro/2016

Nessa última semana de janeiro eu li menos do que no resto do mês, o que até decorreu de alguns motivos específicos, como #projetoformatura, comecei academia! Uhul! Só que a dor é insuportável nos primeiros dias, né? haha
Também, essa semana eu tinha dois livros gorduchos para terminar. O primeiro volume da série Cavalo de Tróia, Jerusalém, e o primeiro volume de Guerra e Paz. Missão dada, missão cumprida.
Cavalo de Tróia teve alguns momentos de tédio ali pelo meio, com descrições infinitas e nada acontecendo. Porém, as últimas 200 páginas compensam pelo trabalho. 
Para quem não sabe do que se trata, esse livro conta a história de um médico-militar que volta no tempo à época de Jesus Cristo. Ele passa os últimos dias da vida de Jesus em Jerusalém e vai relatando tudo que acontece.
Então, os últimos dois capítulos (cada capítulo relata um dia da expedição), que são os últimos dias de Jesus, são abissalmente horríveis e descrevem as torturas de maneira que dói no leitor.
Li também dois …

Resenha | Segredos de uma noite de verão - Lisa Kleypas

As Quatro estações do amor #1 Editora: Arqueiro Páginas: 288 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob
Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.
As amigas se …

Resenha | Os Instrumentos Mortais (parte 1)

Eu já contei por aqui que aproveitei as férias e a coleção de livros da mãe para ler a série Os Instrumentos Mortais. Em especial, eu quis ler a série agora para acompanhar a série do Netflix sem medo de spoilers.
Resolvi dividir a série em duas partes, porque a meu ver, são duas trilogias combinadas em uma série. É aquela já velha história, era pra ser trilogia, foi estendida em 6 livros porque fez sucesso. A primeira parte, que vou comentar hoje, introduz o mundo - que é deveras interessante - e os personagens principais. Pretendo falar dos três primeiros livros como um todo, sem dar spoilers, ok?
Então, essa primeira trilogia é composta por Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas e Cidade de Vidro. A personagem principal é a Clary, uma menina comum que mora no Brooklyn com a mãe e convive um pouco demais com seu melhor amigo Simon.
Uma bela noite, eles vão a uma boate e Clary presencia o que ela imagina ser um assassinato. Só que, adivinha? Não era bem um assassinato, era Jace matando u…

Foco + A Arte de Fazer Acontecer

Nestes últimos tempos, acabei lendo dois livros com temas relacionados, Foco e A Arte de Fazer Acontecer. Foco foi uma leitura inédita, enquanto que o livro do GTD foi uma releitura.
Foco foi uma leitura valorosa, mas incômoda de fazer, porque perceber que eu não estava focada na leitura, e ter o autor pontuando isso, foi bem frustrante.
Ele explora várias pesquisas e fala sobre vários assuntos relacionados ao foco. Se me pedissem para explicar todo o raciocínio desenvolvido no livro, eu não seria capaz (oi, foco!), mas faz sentido todas as relações que ele faz ao longo do livro.
Ele me chamou a atenção porque eu dava de cara com ele aonde quer que eu fosse. É como se ele me dissesse que preciso de foco. Finalmente adquiri numa promoção da Amazon, no formato e-book. Eu sou daquelas que gosta de dizer que consegue multitarefar, prática bem repudiada hoje.
Um dos experimentos, explorados no livro, que mais me marcou foi feito com crianças. Era oferecido um marshmallow e se a criança cons…

Leituras da Semana #39

A volta à rotina normal foi realmente sentida em termos de disposição para ler. Voltei ao trabalho nesta semana, comecei academia e anda fazendo um calor infernal por esses lados! Não sei vocês, mas calor não é sinônimo de tempo bom pra ler.
De qualquer forma, houve evolução. Terminei cinco livros nesta semana, mas antes de vir dizer que eu leio muito rápido e bláblá, são curtinhos e rápidos.
Terminei de ler 365 dias extraordinários, fofura. Eu, um dia, quero ler o livro como se deve, um preceito por dia. Anotei alguns no meu journal para continuar relembrando.
E o terceiro volume de Fazendo meu filme, que foi meio ruim. Não consigo gostar da Fani, desculpa aí! Tem uma cena que não me sai da cabeça, quando a mãe dela faz alguma coisa e ela corre pra chorar no colo do pai. Não rolou.
Depois eu li Morte na Mesopotâmia da Agatha Christie. Não sei, os livros da Agatha são tão rapidinhos, tão divertidos, me lembra, nesse sentido, os chick-lits. Porque também estes são rapidíssimos de ler e …

Melhores leituras de 2015 | Top 25

Ai que tarefa difícil, mas vamos tentar. Eu resolvi separar por mês e não por ordem de classificação porque é impossível dizer que um livro é melhor que o outro, especialmente de gêneros diferentes e lidos em fases da vida diferentes.
Outra coisa, eu escolhi 25 livros. Achei um número confortável considerando a quantidade de livros que li no ano passado. Seria impossível reduzir a 10 ou 5 como vi algumas pessoas fazerem.
Também, isso não significa dizer que os outros 175 livros que li em 2015 foram ruins, só que me marcaram um pouco menos.
Sem mais delongas, vamos aos livros!

Janeiro

1- Viagem Solitária - João W. Nery
2- Vida Organizada - Thais Godinho
Janeiro é aquele típico mês da organização e das metas. Não posso deixar passar a leitura do Vida Organizada, da Thais Godinho, porque foi através do blog dela que eu consegui me organizar melhor (ainda estou em processo) e continuo buscando inspiração para uma vida mais saudável e equilibrada.
Também não-ficção, em janeiro li Viagem Solitá…