Pular para o conteúdo principal

Leituras da Semana #40 + Concluindo Janeiro/2016

Nessa última semana de janeiro eu li menos do que no resto do mês, o que até decorreu de alguns motivos específicos, como #projetoformatura, comecei academia! Uhul! Só que a dor é insuportável nos primeiros dias, né? haha

Também, essa semana eu tinha dois livros gorduchos para terminar. O primeiro volume da série Cavalo de Tróia, Jerusalém, e o primeiro volume de Guerra e Paz. Missão dada, missão cumprida.

Cavalo de Tróia teve alguns momentos de tédio ali pelo meio, com descrições infinitas e nada acontecendo. Porém, as últimas 200 páginas compensam pelo trabalho. 

Para quem não sabe do que se trata, esse livro conta a história de um médico-militar que volta no tempo à época de Jesus Cristo. Ele passa os últimos dias da vida de Jesus em Jerusalém e vai relatando tudo que acontece.

Então, os últimos dois capítulos (cada capítulo relata um dia da expedição), que são os últimos dias de Jesus, são abissalmente horríveis e descrevem as torturas de maneira que dói no leitor.

Li também dois livros de contos da coleção da Martin Claret. Creio que são os últimos dessa linha celta. Pelo menos, são os dois últimos com esse projeto gráfico, já vi que eles tem outros livros de contos (que eu estou de olho, como os Contos Russos). Li então, Heróis muito espertos e Bruxas, bruxos e os feitiços mais cruéis que se pode imaginar. Já falei por aqui que eles são ótimas leituras, rápidas e gosto sempre de estar lendo um. Fiquei órfã, portanto.

E, claro, terminei de ler o primeiro volume de Guerra e Paz. Eu vou confessar que só me envolvi mesmo com os personagens lá pelas 400 páginas (esse primeiro volume tem 1260 páginas), mas a história e a escrita fisgam desde o início. Estou gostando muito da leitura.

Aproveitando o post para concluir o mês. Janeiro foi recheado, segue a listinha de livros lidos:

1- Branca dos mortos e os sete zumbis e outros contos macabros - Fábio Yabu ✬✬✬✬
2- O monge negro - Anton Tchekhov ✬✬✬
3- Cidade dos anjos caídos - Cassandra Clare ✬✬✬
4- Cidade das almas perdidas - Cassandra Clare ✬✬✬
5- A Arte de Fazer Acontecer - David Allen (releitura) ✬✬✬✬✬
6- Esplendor - Anna Godbersen ✬✬✬
7- Ligeiramente escandalosos - Mary Balough ✬✬✬✬
8- Cidade do Fogo Celestial - Cassandra Clare ✬✬✬✬
9- O Rei de Amarelo - Robert W. Chambers ✬✬✬
10- As Crônicas de Bane - Cassandra Clare ✬✬✬
11- O Vilarejo - Raphael Montes ✬✬✬✬✬
12- O Diário Secreto de Lizzie Bennet - Bernie Su e Kate Rorick ✬✬✬✬✬
13- Homens, mulheres & Filhos - Chad Kultgen ✬✬✬✬
14- 365 Dias Extraordinários - R. J. Palacio ✬✬✬✬✬
15- Fazendo meu Filme 3 - Paula Pimenta ✬✬
16- Morte na Mesopotâmia - Agatha Christie ✬✬✬✬
17- Reze pelas mulheres roubadas - Jennifer Clement ✬✬✬✬✬
18- Heróis muito espertos - Joseph Jacobs ✬✬✬
19- Cavalo de Tróia 1, Jerusalém - J. J. Benítez ✬✬✬✬
20- Bruxas, bruxos e os Feitiços mais Cruéis que se podem imaginar - Joseph Jacobs ✬✬✬✬
* Bônus: primeiro volume de Guerra e Paz!
Por óbvio, as melhores leituras foram as 5 estrelas, mas especial destaque para Reze pelas mulheres roubadas, que foi excelente e favoritado.

Eu acredito que esse ritmo de leitura não vá persistir em fevereiro, porque spoilers do post de TBR que virá, eu escolhi livros grandes para ler no mês que vem. Também, voltam as aulas e saiu o edital para o XIX Exame de Ordem, que farei, então, a pressão está a toda!

Eu espero que janeiro tenha sido cheio de livros para os leitores também. Contem nos comentários o que mais gostaram de ler, ou se já leram algum destes que citei!

Siga o blog!
Instagram | Skoob | Twitter | Youtube



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Resenha | A Arte de ter Razão - Arthur Schopenhauer

Editora: Faro Editorial Páginas: 128 Estrelas: ✬✬✬ Skoob Publicado em 1831.

A forma como nos comportamos socialmente não mudou muito desde Aristóteles. Partindo dos escritos do pensador grego, Schopenhauer desenvolve em sua Dialética Erística, 38 estratégias sobre a arte de vencer um oponente num debate não importando os meios. E, para isso, mostra os ardis da maior ferramenta que todos possuímos, a palavra. Usar argumentos e estratégias certas numa conversa é uma arma poderosa em qualquer momento. E tanto vale para quem quer reforçar um talento, evitar ciladas dialéticas, ou simplesmente estar bem preparado para negociações ou qualquer outra ocasião que exija argumentação... o que acontece em todos os momentos da vida. Essas estratégias não foram inventadas por Schopenhauer. Seu trabalho foi identifica-las, reuni-las de modo coerente, mostrando como são utilizadas, em quais momentos elas surgem em meio a uma discussão, de modo que você possa utilizar-se deste livro até mesmo para desmasc…

Resenha | Primeiro ano - Scott Turow

Editora: Record Páginas: 220 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado em 1977.

Ao narrar as angústias, as dificuldades, os desafios e os triunfos que marcaram seu primeiro ano na Faculdade de Direito de Harvard, Scott Turow denuncia problemas surpreendentes no sistema de educação jurídica de uma das mais antigas e conceituadas instituições de ensino dos Estados Unidos. Um relato dramático e um importante depoimento do autor.