Pular para o conteúdo principal

Quotes #4


Especial de Uma História do Mundo por David Coimbra
(resenha aqui)

"Ou seja: os répteis são responsáveis pelo sexo como nós o conhecemos e, por consequência, pela psicanálise, pela minissaia e pelas calcinhas de renda, por quase toda a música e literatura, pela escova progressiva, pelo bronzeamento artificial, pelas calças legging e por muitas das minhas noites de dor."
"Como sempre digo e repito, e repetirei agora, o grande problema das ciências humanas é que elas não são exatas. A matemática, por exemplo, é muito reconfortante com suas certezas inalteráveis. Você analisa um cálculo qualquer, digamos o clássico 2+2, e sabe que seu resultado será sempre o mesmo. No caso, 4. É tão bom isso. É tão seguro, tão reto, tão dignamente previsível. Se tudo fosse assim, matemático, a vida estaria resolvida. Os psicanalistas e os advogados estariam todos desempregados; não haveria guerras ou quizílias invencíveis. Se bem que, há de se admitir, não haveria o que é chamado de a Grande Arte, porque não haveria aflições para torturar a alma de um Beethoven, de um Mozart, de um Van Gogh, de um Dostoiésvski, e a Grande Arte só se faz com grandes aflições. Sem dor não existe grandeza."
"A culpa é a argamassa da civilização. Se o homem não sente culpa, ele pode fazer o que quiser. Se fizer o que quiser, não poderá viver com os outros. Não haverá civilização. A civilização depende da coerção dos instintos. Depende da culpa."
"A vida sem fritura, você sabe, pode ser uma vida mais magra, mas é menos divertida."
"O homem prefere as certezas da prisão às dúvidas da liberdade."

Comentários

  1. "A civilização depende da coerção dos instintos." Tão Thomas Hobbes isso! Adorei a quote :)
    Aliás, adorei todas elas hahaha
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Adorei os quotes.
    Esse último é épico.
    beijos,
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Primeiro ano - Scott Turow

Editora : Record Páginas : 220 Estrelas : ✬✬✬✬ Skoob Publicado em 1977. Ao narrar as angústias, as dificuldades, os desafios e os triunfos que marcaram seu primeiro ano na Faculdade de Direito de Harvard, Scott Turow denuncia problemas surpreendentes no sistema de educação jurídica de uma das mais antigas e conceituadas instituições de ensino dos Estados Unidos. Um relato dramático e um importante depoimento do autor.

Resenha | As Florestas do Silêncio - Emily Rodda

Deltora Quest - Livro 1 Editora : Fundamento Páginas : 104 Estrelas :  ✬ ✬ ✬ ✬ Skoob Publicado originalmente em 2000 com o título de The Forests of Silence O maligno Senhor das Sombras está tramando invadir Deltora e escravizar o seu povo. Há somente uma coisa que o impede: o mágico Cinturão de Deltora com suas sete pedras preciosas de fantástico e misterioso poder. Quando as pedras são roubadas e escondidas em locais sombrios e terríveis em todo o reino, o Senhor das Sombras triunfa e Deltora está perdida. Em segredo, com apenas um mapa desenhado à mão para guia-los, dois estranhos companheiros saem numa perigosa busca. Determinados a encontrar as pedras perdidas e livrar seu país do tirano, eles lutam para atingir sua primeira meta - as sinistras "Florestas do Silêncio".

Resenha | A Arte de ter Razão - Arthur Schopenhauer

Editora : Faro Editorial Páginas : 128 Estrelas : ✬✬✬ Skoob Publicado em 1831. A forma como nos comportamos socialmente não mudou muito desde Aristóteles. Partindo dos escritos do pensador grego, Schopenhauer desenvolve em sua Dialética Erística, 38 estratégias sobre a arte de vencer um oponente num debate não importando os meios. E, para isso, mostra os ardis da maior ferramenta que todos possuímos, a palavra. Usar argumentos e estratégias certas numa conversa é uma arma poderosa em qualquer momento. E tanto vale para quem quer reforçar um talento, evitar ciladas dialéticas, ou simplesmente estar bem preparado para negociações ou qualquer outra ocasião que exija argumentação... o que acontece em todos os momentos da vida. Essas estratégias não foram inventadas por Schopenhauer. Seu trabalho foi identifica-las, reuni-las de modo coerente, mostrando como são utilizadas, em quais momentos elas surgem em meio a uma discussão, de modo que você possa utilizar-se deste livro