Pular para o conteúdo principal

The Lizzie Bennet Diaries


The Lizzie Bennet Diaries é uma web série baseada, como o próprio nome diz, na obra Orgulho e Preconceito da Jane Austen.





Não é segredo de ninguém que eu adoro as obras de Jane Austen e seus spin-offs modernos. Fazia um bom tempo que eu queria assistir essa web série, mas nunca comecei, até alguns dias atrás.

Com episódios de 3-4 minutos, a série é uma modernização com Lizzie, Jane, Lydia (por algum motivo a Mary foi transformada em prima), Darcy e Bing Lee. 

Eu me apaixonei, é claro. Em forma de diário ou vlog, como queira, Lizzie vai contando os eventos desde o começo com a chegada de Bing Lee até...vocês sabem né?

É engraçada, inteligente e as modernizações foram muito bem boladas. Por exemplo, o Sr. Collins é um executivo de mídias digitais, assim como o Sr. Darcy. Bing Lee é estudante de medicina e a melhor, na minha opinião, foi "a junção" de Lydia e o Sr. Wickham (que eu não vou contar, mas foi muito legal a maneira que eles encontraram de atualizar essa parte).




A web série conta com alguns canais spin-off, como o da Lydia. Não tanto divertido quanto o original, mas ainda assim vale a pena assistir. Quando ela não está "invadindo" os vídeos da Lizzie, ela vloga por si mesma. Também tem spin-offs com a Charlotte e a Gigi Darcy, mas eu não assisti.

E você? Já assistiu a web série? Deixe sua opinião nos comentários!

Comentários

  1. Assisti a web serie junto com os spin offs (e bom assistir tudo certinho na hora em que foram postados pra não perder o fio da meada apesar de ja conhecer a história) e eu achei incrível.
    Assisti emma approved, a que acabou recentemente e tambem amei!
    Agora preciso assistir frankestein..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi o primeiro de Emma Aproved e comecei Frankenstein também! Adorei as produções *-* conteúdo digital de qualidade!

      Beijão

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.

TBR Março/2016

Eu poderia ter vergonha de dizer que não concluí a minha meta de Fevereiro, porém, considerando que eu sempre soube que era ambiciosa, não tenho haha
Faltou ler: O Segundo Sexo, The Two Towers e Ases nas Alturas. Faltou em partes... o único que eu não consegui nem pegar para começar foi o Ases nas Alturas. Eu li metade de The Two Towers, restando a outra metade para março. E consegui ler mais uma parte d'O Segundo Sexo.
Então, não foi um fracasso total, né? Bom, estes livros vão passar para a meta de março com alguns acréscimos:
Fundação e Terra, continuando o box extra da Fundação. Estou loooouca para saber o que vai acontecer em seguida!
Clube da Luta, porque a Dani do Só Lendo comentou sobre e fiquei muito curiosa para saber o que eu iria achar. Terminei de ler ontem mesmo, e como eu nunca tinha percebido o sabonete na capa?
A luz fantástica do Terry Pratchett, seguindo com a série Discworld. Fiz a loucura de comprar a série inteira no sebo, agora tenho que ler. Começarei a ler h…