Pular para o conteúdo principal

Craft Corner | Manta, touca e telas


Dando uma pausa nas leituras para mostrar para vocês alguns artesanatos que tenho feito. Já não é novidade esse tema aqui no blog, já mostrei alguns marcadores que fiz, aqui.


Eu parei por um tempo de fazer qualquer coisa com as mãos, porém, encontrei um tempinho para fazer algumas coisas.

Essa manta colorida foi trabalho para 1 ano e meio mais ou menos. Ocupei restinhos de fios e enquanto falava com a minha mãe no telefone, crocheteava um pouquinho. Até que finalmente terminei!



Essa touca me deu um trabalho desgraçado e o pior, ficou grande! Eu tinha a genial ideia de colocar na secadora para tentar encolher. Basta dizer que ficou imprestável depois disso. Ainda estou pensando em como consertar o erro... quem sabe fazer uma carreira em crochê para "apertar". Vamos ver hehe


Minha avó estava mudando a sala, fez móveis planejados e afins. Para tanto, ela queria novos quadros para combinar com a nova decoração. E nesse projeto, tive a parceria com a minha mãe. 

Não ficou tãão bem quanto nós queríamos, mas combinou bem na sala. Fiquei satisfeita, afinal faz alguns anos que não pintava em telas hehe


O que você acha de trabalhos artesanais? Faz alguma coisa? Deixe nos comentários!
Siga o blog no Google Friend Connect.



Comentários

  1. Caramba, Rafa! Que talentosa!!! Sou um zero à esquerda com as mãos! rs Ameeeei os quadros! =D

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Primeiro ano - Scott Turow

Editora : Record Páginas : 220 Estrelas : ✬✬✬✬ Skoob Publicado em 1977. Ao narrar as angústias, as dificuldades, os desafios e os triunfos que marcaram seu primeiro ano na Faculdade de Direito de Harvard, Scott Turow denuncia problemas surpreendentes no sistema de educação jurídica de uma das mais antigas e conceituadas instituições de ensino dos Estados Unidos. Um relato dramático e um importante depoimento do autor.

Resenha | A Arte de ter Razão - Arthur Schopenhauer

Editora : Faro Editorial Páginas : 128 Estrelas : ✬✬✬ Skoob Publicado em 1831. A forma como nos comportamos socialmente não mudou muito desde Aristóteles. Partindo dos escritos do pensador grego, Schopenhauer desenvolve em sua Dialética Erística, 38 estratégias sobre a arte de vencer um oponente num debate não importando os meios. E, para isso, mostra os ardis da maior ferramenta que todos possuímos, a palavra. Usar argumentos e estratégias certas numa conversa é uma arma poderosa em qualquer momento. E tanto vale para quem quer reforçar um talento, evitar ciladas dialéticas, ou simplesmente estar bem preparado para negociações ou qualquer outra ocasião que exija argumentação... o que acontece em todos os momentos da vida. Essas estratégias não foram inventadas por Schopenhauer. Seu trabalho foi identifica-las, reuni-las de modo coerente, mostrando como são utilizadas, em quais momentos elas surgem em meio a uma discussão, de modo que você possa utilizar-se deste livro

Vi na Livraria | A Taberna - Émile Zola

Um livro depravado do século XIX.