Pular para o conteúdo principal

Melhores leituras de 2014


Até que não foi tão difícil assim de escolher. Esses livros marcaram meu ano, alguns mudaram minha forma de pensar, outros meu gosto em livros. Todos são excelentes e recomendados!




A Culpa é das Estrelas - John Green: resenha aqui. Esse ano, me rendi aos gritos populares e li John Green. Conheci e comecei a acompanhar os vídeos do John Green, tanto no VlogBrothers, quanto Crash Course e outros canais produzidos pelos irmãos. Virou paixão. Sobre o livro, achei lindo e chorei no final. Merece ser lido. 

Preciosa - Sapphire: resenha aqui. Esse mudou minha visão de mundo. Livro triste, cru, você meio que quer arrancar os olhos à medida que vai lendo. Conta a história da Preciosa, que é uma negra, gorda, analfabeta, pobre, que está grávida do segundo filho do próprio pai. É, é forte.

Ensaios de Amor - Alain de Botton: resenha aqui. Livro que me introduziu ao autor - viciei tanto que comprei vários outros livros do autor e quero todos! Através da história de um casal, o autor vai introduzindo conceitos filosóficos, sociológicos e simplesmente maravilhosos pensamentos.

O Circo da Noite - Erin Morgenstern: resenha aqui. Esse livro é lindo. O cenário construído é de uma beleza ímpar, nunca imaginei que um livro poderia ser escrito de uma forma tão fotográfica, que te coloca dentro do lugar. Ele conta a história de dois alunos de magia que terão de se enfrentar, na defesa de duas ideologias mágicas.

As Crônicas de Gelo e Fogo - George R. R. Martin: resenhas A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo #1); A Fúria dos Reis - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo #2); A Tormenta de Espadas - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo #3); O Festim dos Corvos - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo #4); A Dança dos Dragões - George R. R. Martin (As Crônicas de Gelo e Fogo #5).
Preciso comentar? A Guerra dos Tronos foi uma releitura, porém, os outros quatro livros foram inéditos. Vou ser sincera e dizer que O Festim dos Corvos foi 4 estrelas, mas ainda assim, essa é uma das minhas séries preferidas da vida. 

Um Mundo à Parte - Jodi Picoult: resenha aqui. Esse livro conta a história de um autista que acaba acusado de homicídio. Só que a graça dele está na sensibilidade da autora ao contruir seus personagens, todos eles. Todos eles mesmo. Não existe um personagem que fique na sombra de outro, todos tem suas próprias histórias, personalidades e desenvolvimentos. Devorei! 

A Vida do Livreiro A. J. Fikry - Gabrielle Zevin: resenha aqui. Como não amar um livro escrito para amantes de livros? Quebrou meu coração!

Todos os Meus Amigos são Super-Heróis - Andrew Kaufman. Essa foi uma leitura bem diferente. Todos os personagens deste livro são super-heróis, menos o protagonista. Ele tem um romance com a Perfeccionista. Os poderes dos heróis são características humanas, como o perfeccionismo. O resultado final foi uma história tão delicada e diferente, que foi impossível não amar!

Como me Tornei Estúpido - Martin Page. Este já apelou pro meu lado pseudo-intelectual. Nosso protagonista se descobre infeliz, seu conhecimento de nada serve senão para acabar com a sua vida, afastando-o de todos a sua volta. Então, depois de falhar no suicídio e no alcoolismo, ele resolve se tornar estúpido - e o que poderia ser mais estúpido que ganhar muito dinheiro e torrá-lo? Excelente leitura.

Perdão, Leonard Peacock - Matthew Quick. Esse foi um dos últimos livros que li no ano e me pegou de jeito. O momento em que o li foi precisamente o momento em que eu precisava dele. Conta a história de Leonard, que hoje irá matar seu ex-melhor amigo e se suicidar.


Qual sua leitura preferida de 2014? Deixe sua opinião nos comentários!
Siga o blog no Google Friend Connect.



Comentários

  1. Oieeeee!
    A Culpa é das estrelas também entrou nos meus melhores do ano.
    John Green realmente soube escrever uma obra- prima!
    Quero ler esse Como me tornei estúpido... Darei de presente para certas pessoas também... MUAAHAH!
    Beijo,
    Mar.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a minha intenção! Quando vi o título, fiquei intrigada, somente encontrei uma resenha e Como me tornei estúpido merece ser lido! haha

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Rafa! Tudo ótimo?

    Vou te dizer que dos citados acima li apenas Crônicas de Gelo e Fogo e concordo com tudo que disse, principalmente sobre O Festim dos Corvos. Tô louco pro tio George (meu xará) lançar logo Os Ventos do Inverno.
    Fiquei muito curioso quanto a Como me Tornei Estúpido, Perdão, Leonard Peacock e A Vida do Livreiro A. J. Fikry.
    Enquanto isso minha lista de "quero ler" só cresce rS'. O Ano de 2015 promete um rombo nas minhas economias.

    Beijo Rafa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não sabe minha tristeza ao descobrir que não sai esse ano Os Ventos do Inverno :( faltou pouco pra chorar de desespero hahaha
      Economias? Nem sei mais o que é isso haha

      Beijos!

      Excluir
  3. A culpa e das estrelas eh realmente lindo.. Quando li não estava nessa inda de blogs e vlogs e apsar de estar famoso ja na epoca, nao tinha muitas referencias e me surpreendi com a leitura..
    Preciso ler para ontem as cronicas de gelo e fofo..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vc deu sorte com ACEDE hehe se bem que eu não li nenhum spoiler (graças!), só ouvi todo o burburinho ao redor dele.
      Olha, vc precisa ler meeeeeesmo! hahaha

      Bjs

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Resenha | Eu Fui a Melhor Amiga de Jane Austen - Cora Harrison

Editora: Rocco
Páginas: 320
Estrelas: ✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 2010 com o título de I Was Jane Austen's Best Friend

Chega ao Brasil o livro: "Eu fui a Melhor Amiga de Jane Austen" da autora Cora Harrison. A história tem o objetivo de introduzir os mais jovens ao empolgante mundo dos livros de Jane Austen. O livro traz uma combinação entre fatos históricos e ficção, apresentando a relação entre as adolescentes Jane Austen e sua prima Jenny Cooper.

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.