Pular para o conteúdo principal

Balanço de 2015 e Metas para 2016!

Oi, gente! Tudo bom?

Primeiro, feliz ano novo para todos. Temos mais um ano novinho em folha para realizar nossos projetos.

Nesse final de 2015, dei uma sumida do blog, tirei umas férias, mas já não vejo a hora de voltar a postar. Estou com inúmeros posts atrasados e pretendo recuperá-los com o tempo, desde resenhas, até conclusões de mês que estão atrasadas desde outubro (é, tá feia a coisa).

Pensando pelo lado positivo, temos um dia a mais nesse ano para colocar em prática todas as metas. Vai dar, gente, vamos na fé haha

Então, eu tinha uma meta original de 156 livros para 2015, o que são 3 livros por semana. Estou surpresa em notificá-los que não só consegui cumprir a meta, mas aumentá-la.

Na verdade, é aquela coisa. Quanto mais coisas você tem para fazer, mais coisas consegue fazer. Eu priorizei bastante a leitura neste ano como fonte de lazer e concluí o ano em 200 livros lidos!

No Skoob você pode conferir todos os títulos que li aqui. E eu mantenho um álbum no Google com todas as capinhas também, você pode ver aqui.

Em janeiro, vou tentar escolher os melhores de 2015, mas convenhamos que vai ser difícil! Conheci livros fantásticos esse ano. Ah e também pretendo fazer um post concluindo os desafios que me propus no ano passado, que já adianto, só conclui 100% um deles haha

Para 2016

Correndo o risco de ser o maior clichê da blogosfera, eu contei a minha TBR durante 2015 - e a minha mãe tem me incomodado também. Então, minha principal meta é diminuí-la.

E digo diminuir, porque zerar é impossível. É, estamos nesse nível de livros não lidos...

Provavelmente, eu lerei menos do que esse ano, por diversos motivos. Primeiro, porque 200 é um número fantástico e meio surreal. Segundo, porque eu me formo no final do ano, isso significa OAB, TCC e vida adulta.

Mas também não pretendo baixar muito disso, quero manter meus 3 livros por semana. Até porque descobri o prazer em ler contos! Devo ter escrito diversas vezes em resenhas o quanto eu desgostava de histórias curtas, mas em 2015, descobri o prazer dessas leituras. Então, em momentos que eu não quero ler um longo capítulo, eu leio um curto conto e assim as coisas evoluem.

Novamente, feliz ano novo! E boas leituras!

PS: estou trabalhando em mudanças no layout do blog também.


Siga o blog!
Instagram | Skoob | Twitter | Youtube



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.

Leituras da Semana #42

Nessa semana tirei do caminho um calhamaço de 800 páginas, Outlander - A viajante do tempo. Que livro bom, envolvente, da categoria é grande, mas é rapidíssimo de ser lido.

Conta a história de Claire, que vive em 1945, salvo engano. Ela é casada, mas passou afastada do marido graças à guerra, quando serviu de enfermeira. Eles estão finalmente indo construir um lar quando, num monumento escocês, um agrupado de pedras bem estranho, ela volta no tempo e reaparece 200 anos antes, na época dos clãs escoceses.

Lá, ela é obrigada a construir uma nova vida, pelo menos até que consiga voltar para o seu próprio tempo. Só que ela acaba envolvida numa outra guerra, e suspeitam que ela seja uma espiã inglesa. Bom, aí a vida complica. Mas ao mesmo tempo, ela conhece Jamie ♥ e até que não fica tão difícil assim viver sem banhos quentes.

Gostei muito do livro, acho que ele é super abrangente em temáticas, tem diálogos interessantes e engraçados e por mais que seja longo, as páginas foram bem explorad…