Pular para o conteúdo principal

Mini-Opinião | A Mágica da Arrumação - Marie Kondo

Editora: Sextante
Páginas: 160
Estrelas: ✬✬✬✬
Publicado em 2010.

A mágica da arrumação se tornou um fenômeno mundial por apresentar uma abordagem inovadora para acabar de vez com a bagunça. Aos 30 anos, a japonesa Marie Kondo virou celebridade internacional, uma espécie de guru quando o assunto é organização. Seu método é simples, porém transformador. Em vez de basear-se em critérios vagos, como “jogue fora tudo o que você não usa há um ano”, ele é fundamentado no sentimento da pessoa por cada objeto que possui. O ponto principal da técnica é o descarte. Para decidir o que manter e o que jogar fora, você deve segurar os itens um a um e perguntar a si mesmo: “Isso me traz alegria?” Você só deve continuar com algo se a resposta for “sim”. Pode soar estranho no começo, mas, acredite, é libertador. Você vai descobrir que grande parte da bagunça em sua casa é composta por coisas dispensáveis. Prático e eficiente, este método não vai transformar apenas sua casa – ele vai mudar você. Rodeado apenas do que ama, você se tornará mais feliz e motivado a criar o estilo de vida com que sempre sonhou.


Depois que comecei a ler sobre organização, virou uma mania. Adoro ler sobre esse assunto aplicado em qualquer faceta da vida. Por isso, tive que ler este livro que gerou tantos comentários.

Minha primeira reação foi pensar - meu deus, que mulher louca. Mas, à medida que o tempo foi passando, comecei a aplicar, subconscientemente, alguns princípios da autora. Como "se não te traz felicidade, fora" e organizar as coisas por categorias. Ando bem mais desapegada depois de fazer essa leitura, até mesmo com livros!

Quando eu digo louca, é que tem uma parte do livro que ela fala, por exemplo, que as roupas tem uma maneira correta de serem dobradas, que você tem que pegar cada peça de roupa nas mãos e ir descobrindo que maneira 'a roupa quer ser dobrada'. Ainda, que é proibido guardar suas meias em rolinhos, afinal, elas passam o dia protegendo seus pés e 'não se sentem bem, enroladas e pressionadas ao final do dia' (quotes livres, feitos de memória, mas a essência disso está lá).

Então, o livro tem partes boas e partes bem inaplicáveis ao dia-a-dia, mas foi interessante de ler. Tire suas próprias conclusões!


E você? Já leu? Deixe sua opinião nos comentários!
Siga o blog!




Comentários

  1. Combinamos resenha. Rafaaa!!!! hahaha

    Adorei seus exemplos da loucura dela, acabei esquecendo dessa parte na minha resenha que também me causou bastante estranhamento!! uahuaha

    Também adorei a premissa de descartar o que não te faz feliz e, apesar de ao longo dos anos ter me tornado bem desapegada, depois desse livro consegui me tornar bem mais!! Inclusive com os livros também!! ^^

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha | Papillon - Henri Charrière

Editora: Bertrand Páginas: 728 Estrelas: ✬✬✬✬ Skoob Publicado originalmente em 1969 com o título de Papillon

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. Quando publicado na França, “Papillon” foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. “Papillon” é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um …

Resenha | Eu Fui a Melhor Amiga de Jane Austen - Cora Harrison

Editora: Rocco
Páginas: 320
Estrelas: ✬✬✬
Skoob
Publicado originalmente em 2010 com o título de I Was Jane Austen's Best Friend

Chega ao Brasil o livro: "Eu fui a Melhor Amiga de Jane Austen" da autora Cora Harrison. A história tem o objetivo de introduzir os mais jovens ao empolgante mundo dos livros de Jane Austen. O livro traz uma combinação entre fatos históricos e ficção, apresentando a relação entre as adolescentes Jane Austen e sua prima Jenny Cooper.

Top 5 | Livros Apaixonantes

Amanhã é dia dos namorados, por isso, sugiro leituras apaixonantes, que aquecem o coração, seja por seus personagens marcantes ou pelo romance do livro. São livros que li recentemente e que saltaram à mente quando pensei nesse tema.